Grande Cimeira

"Os indicadores internacionais demonstram que as empresas portuguesas são inovadoras"

JN  |  2023-05-03


O recém-nomeado presidente da Agência Nacional de Inovação, António Bárbara Grilo, defende o aumento da contratação de doutorados para facilitar a comunicação entre organizações e academia.

Apesar de, muitas vezes, a linguagem do mundo empresarial e da academia ser diferente, ambos partilham o mesmo objetivo: inovar e fazer avançar o conhecimento. Para isso, porém, é necessário, defende o presidente da Agência Nacional de Inovação (ANI), aumentar a absorção de doutorados nos quadros das empresas e melhorar a ligação entre estes dois mundos.

António Bárbara Grilo, nomeado para o cargo em março, não tem dúvidas de que será possível concretizar esta mudança e mostra-se confiante na capacidade das organizações nacionais para transformar a economia.

O responsável é um dos oradores convidados para o Fórum da Sustentabilidade e Sociedade, organizado pelo Global Media Group, em Matosinhos, entre 11 e 12 de maio, em parceria com a Galp, CGD, Fundação INATEL, Grupo BEL e Câmara Municipal de Matosinhos.


Outras notícias